Visita 2009

domingo, 4 de março de 2012

Quanto custaria construir, nos dias de hoje, a Grande Pirâmide de Gizé?


Mesmo com guindastes, helicópteros, tratores e caminhões, a nossa disposição, seria difícil construir a Grande Pirâmide de Giz nos dias de hoje.

Sua construção há 4.500 anos é tão surpreendente aos olhos de algumas pessoas que passa imagem de evocação mística ou mesmo alienígena. Mas a teoria atual da construção da Grande Pirâmide – a noção de que ela foi montada a partir de dentro para fora, através de uma rampa em espiral interna – é, provavelmente, ainda o melhor plano de construção.

Para descobrir o valor, primeiro vamos olhar para o projeto: A pirâmide possui 230 metros de comprimento em cada lado, 147 metros de altura e é composta de 2,3 milhões de pedras, cada uma pesando cerca de 3 toneladas, com massa total de 6,5 milhões de toneladas. Diz a lenda que a estrutura foi erguida em apenas 20 anos, o que significa que um bloco deve ter sido movido para o local a cada 5 minutos 24h por dia. Esse ritmo teria exigido o trabalho escravo de milhares de pessoas.

Enquanto as teorias tradicionais afirmam que a pirâmide foi construída através de uma rampa externa. Essa rampa teria de ter 1 quilômetro para conseguir arrastar pedras para cima.

Uma teoria nova, mais econômica está ganhando força entre os arquitetos e egiptólogos, considerando que o terço inferior da altura da pirâmide foi construída por pedras arrastadas até uma rampa externa. Mas, acima de que - o restante de 33% ou mais do volume piramidal – os egípcios trabalharam seu caminho através da estrutura interna, construindo em torno de uma rampa levemente inclinada, para montar os blocos.

Além disso, os trabalhadores poderiam ter reutilizado as pedras extraídas para a rampa externa, para construir escalões superiores da pirâmide, de modo que nada seria jogado para o lixo.

Jean-Pierre Houdin, arquiteto francês que desenvolveu a teoria da rampa interna, tem colaborado com uma equipe da Dassault Systems, uma empresade gráficos 3D, para criar o modelo virtual do processo de construção. Uma equipe de estudiosos da Universidade Laval, em Quebec, Egito, estão planejando agora uma investigação por imagem infravermelha, que em breve poderá revelar a rampa espiral dentro da Grande Pirâmide. Se encontrado, será a prova final da teoria de Houdin. Mas se a teoria se confirmar, Houdin diz que uma construção de dentro para fora seria a melhor maneira de construir uma pirâmide tão imponente.

Estou bastante certo de que poderíamos fazer o mesmo hoje, e seria o método mais econômico”, disse Houdin em entrevista. Haveria duas principais diferenças entre a construção das pirâmides modernas com as do passado. Primeiro, “em vez de pessoas puxarem trenós que transportavam as pedras até as rampas, você usaria algo com algum tipo de motor”, comentou. Em segundo lugar, “para alturas superiores a 10 ou 15 metros, nós usaríamos guindastes de pequeno porte”.

Assim como guindastes se levantam no topo de arranha-céus de hoje, um helicóptero seria usado em locais ainda mais elevados da pirâmide. Pedras e outros materiais de construção arrastadas até um nível elevado, através de uma rampa interna, passaria então a ser fixada no local do guindaste. Evidentemente, não seria possível construir a estrutura interna com guindastes, porque não seria capaz de atingir o suficiente para levantar materiais da base para o centro da pirâmide.

Enquanto a pirâmide foi originalmente construída por 4.000 escravos ao longo de 20 anos usando sua máxima força com trenós e cordas, a construção da pirâmide moderna teria veículos para transporte, guindastes e helicópteros, o que reduziria os trabalhadores para no máximo 2.000 em uma obra que, talvez, fosse completada em 5 anos.

O valor? Quase R$ 10.000.000.000 de reais (10 bilhões de reais), com base na mão de obra e custo da construção. Não existem planos de construir uma pirâmide em escala tão grande, mas uma campanha para um modelo de escala reduzido está em curso.

A Terra Pyramid Project, com sede no Reino Unido, está levantando fundos para erigir uma estrutura piramidal em um local ainda indeciso, que seria construída com pedras extraídas em todo o mundo. Ela irá conter uma cápsula do tempo, para ser aberta só daqui a 1.000 anos.

Financiada pelos governos e organizações em todo o globo terrestre, a Pirâmide da Terra não só fornecerá uma janela para a cultura contemporânea em sociedades futuras, mas também irá servir como uma oportunidade para testar a teoria de Houdin sobre a construção da Grande Pirâmide de Gizé.

http://www.jornalciencia.com/sociedade/diversos/1465-quanto-custaria-construir-nos-dias-de-hoje-a-grande-piramide-de-gize!

Nenhum comentário :