Visita 2009

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Site japonês anima foto

http://labs.mppark.jp/hige/

Arroz de bacalhau

Ingredientes (serve 2 pessoas)

1 posta de bacalhau média ( rendeu 1 1/2 xícara de bacalhau desfiado)

  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 1/2 cebola média picadinha
  • 1 dente de alho picadinho
  • 3 colheres de sopa de pimentão vermelho picadinho
  • 1 1/2 xícara de arroz branco cozido
  • sal e pimenta a gosto
  • salsinha a gosto
  • 1 unid de ovo cozido para decorar

Modo de Preparo Cozinhe o bacalhau, desfie e reserve. Em uma panela coloque o azeite, cebola e alho e refogue, depois acrescente o pimentão vermelho, refogue um pouco, acrescente o bacalhau desfiado, tempere com sal e pimenta. Misture bem e pingue um pouco de água para deixar bem úmido. Coloque o arroz já pronto, incorpore e deixe aquecer bem. Sirva com uma “dose” extra de azeite e o ovo para decorar. Simples e delicioso.

http://www.frangocompequi.com.br/

Como os dinossauros ficaram tão grandes?

Publicado por Darkness in web Quinta-feira, Fevereiro 9, 2012 · 1 Comentário

Uma nova pesquisa testou as possibilidades dos animais cresceram até tamanhos inimagináveis – por exemplo, como é que alguns dinossauros chegaram a até 30 metros de altura?

A resposta é: seus pulmões e respiração eficientes, juntamente com o fato de que punham ovos, podem ter dado aos dinos uma vantagem de crescimento quando comparado a outros animais.

No estudo, a teoria popular de que os animais tendem a ficar maiores ao longo de sua evolução foi provada errônea, porque, enquanto alguns dinossauros cresciam cada vez mais ao longo de gerações posteriores, nem todos cresceram.

“Nós estudamos a história de arcossauros, incluindo alguns dos primeiros dinossauros da Terra”, disse Roger Benson, coautor do estudo. “Nós pudemos observar que algumas linhagens chegavam a tamanhos gigantescos, mas outras permaneciam pequenas e algumas até mostraram reduções evolutivas de tamanho”, explicou.

Como exemplo, Benson cita os pterossauros, répteis voadores que se mantiveram do mesmo tamanho durante a época estudada. Além disso, havia muitos pequenos herbívoros, como o heterodontossauro.

Os pesquisadores analisaram mais de 400 espécies do período Neopermiano a Jurássico Médio. O padrão de crescimento dos animais durante 100 milhões de anos suporta uma teoria chamada “difusão passiva”.

Isso significa que várias linhagens evolutivas ocorreram, indo para diferentes direções – para tamanhos maiores ou menores.

Os resultados contrariam uma teoria conhecida como “regra de Cope”, que afirma que alguns grupos, como os dinossauros, tendem a evoluir sempre para corpos maiores ao longo do tempo.

Não há dúvida, porém, que muitos dinossauros eram megaenormes, pelo menos quando comparados com os animais terrestres de hoje. A explicação para isso pode ser vários aspectos da biologia dos dinossauros que lhes permitiram obter tamanhos maiores.

“Por exemplo, em muitos dinossauros, partes do esqueleto continham ar. Nós acreditamos que eles tinham um pulmão parecido com os de pássaros e muito eficiente. Esses recursos ajudaram a suportar o seu peso em terra mais facilmente, e tornaram sua respiração e troca de calor mais eficaz do que em mamíferos”, explica Benson.

O pesquisador acrescenta que, como os animais maiores podem pôr mais ovos e se reproduzir mais rapidamente, pode ter havido uma vantagem reprodutiva em ser grande.

Outro cientista, Brian McNab, acha que os maiores dinossauros comiam muito e se movimentavam muito pouco. “Os grandes dinossauros herbívoros, sem dúvida, passavam grande parte do dia se alimentando”, disse. “Suas cabeças, relacionadas com o tamanho dos corpos, eram muito pequenas, o que significa que os dinossauros passavam pouco tempo mastigando a comida, e a maioria do processamento ocorria no intestino, portanto, o processo de comer era, provavelmente, pouco cansativo para eles”.

Isso é muito diferente do comportamento da maioria dos mamíferos herbívoros, que têm grandes cabeças e muitos dentes, e gastam muito tempo mastigando.

Benson acha que é pouco provável que todos os animais de terra hoje, incluindo os seres humanos, evoluam e se tornem tão grandes quanto os maiores dinossauros foram.

“Os mamíferos, incluindo seres humanos, são de sangue quente e geram muito calor internamente”, explicou. “Isso se torna um problema em corpos grandes, já que existe o perigo de sobreaquecimento. É possível que muitos arcossauros extintos, incluindo os dinossauros, foram os intermediários entre fisiologias de sangue frio e quente”, conta.

http://darknessinweb.blog.com/?p=648

Torta de limão e brigadeiro

Ingredientes

1 pacote de biscoito maisena de chocolate

200g manteiga

1 lata de creme leite

1 lata de leite condensado

2 col sopa de chocolate em pó

Suco de 1 limão

Raspas de limão

Preparo da Massa

Triture o biscoito e junte com a manteiga até formar uma mistura homogênea. Forre um refratário removível com papel manteiga e cubra com a massa. Leve ao forno por 15 minutos ou até ficar crocante.

Creme de limão

Retire o soro e depois misture o creme de leite ao suco de limão. Adicione as raspas e leve a reserve na geladeira.

Brigadeiro

Em uma panela, misture o leite condensado e o chocolate em pó. Cozinhe em fogo médio e mexa sem parar com uma colher de pau. O ponto é de um brigadeiro mais duro.

Montagem

Retire a massa da geladeira e, na ordem, coloque o creme de limão e o brigadeiro.

http://gordelicias.biz/index.php/2012/02/08/torta-de-limao-e-brigadeiro/

Crepe com manteiga de ervas

Dia dos namorados se aproximando (aqui no Brasil se comemora essa data no dia 12 de junho e não em 14 de fevereiro)e todo mundo buscando inspirações para alguns pratos. Claro que não estou sugerindo crepe para esse dia especial, mas é uma semana que pede um certo romantismo e isso pode ser mostrado nos mínimos detalhes. Resolvi fazer a manteiga de ervas em forma de coração para ser servida com o crepe.

Ficou assim no prato:


Ingredientes

Para a manteiga de ervas:
3 colheres de manteiga em temperatura ambiente
salsa e cebolinha picados a gosto
1/2 dente de alho picado

Para o crepe:
1/2 xícara de farinha de trigo
1 colher de sopa de manteiga
1 xícara de leite
1 colher de sopa de óleo
1 ovo inteiro
1 pitada de sal

Para o recheio:
Varia conforme o gosto, usei:
Queijo prato picado
Peito de Peru picado
Cogumelos paris picados

Modo de Fazer

Manteiga:
Bater os ingredientes em um processador e colocar em um papel alumínio formando uma espessura de cerca de 0,5cm. Fechar o papel alumínio e colocar na geladeira para endurecer. Tirar da geladeira depois de uns 30 minutos e fazer os corações na manteiga com um cortador nesse formato.

Crepe:
Bater os ingredientes no liquidificador e deixar descansar por 30 minutos. Esquentar a crepeira (caso não tenha, pode usar uma frigideira).

Quando já estiver quente colocar a massa espalhando de maneira uniforme. Colocar o recheio e fechar o crepe. Deixar cozinhar mais um pouco, já fechado, para ficar com o formato definido. Servir junto com a manteiga de ervas.
http://www.yeswecooking.com/2011/06/crepe-com-manteiga-de-ervas.html

Ilha de Páscoa - Estátuas da Ilha de Páscoa têm Corpos e Inscrições

Estátuas da Ilha de Páscoa são escavadas por equipe de arqueólogos. Impressionante a imponência e o que há no subsolo.

Veja algumas fotos abaixo:












Para acompanhar as descobertas acesse: http://www.eisp.org .
http://aborigine42.blogspot.com.br/2012/02/ilha-de-pascoa-estatuas-da-ilha-de.html

A real diferença entre o retrô e o vintage!


De uns tempos pra cá o antigo tornou-se moda, seja no mundo fashion, decoração ou até na música. O que poderia ser ultrapassado e considerado cafona é adorado por muitos (me incluo), mas a forma de nomear esse antigo as vezes é muito confundido, o que é "vintage" e o que é "retrô"? Eu mesma já usei qualquer uma das palavras para nomear algo que fosse no mínimo duas décadas passadas, engano meu, as palavras retrô e vintage, não são sinônimos, podem possuir é claro, um significado em comum, mas não são iguais.


O que é vintage? O vintage é uma peça que realmente pertenceu e foi criada em uma década passada. Pode ser uma peça de roupa, acessório, objeto de decoração entre muitas coisas. Você pode encontrar em sebos, brechós, antiquários e museus.

O que é retrô? O retrô é algo que foi criado em nossa época e geração, mas possui o design de uma época passada. Pode ser uma releitura de algo do passado, mas criado hoje. Concluindo, a sua criação não é antiga, o produto é novo, mas seu visual é de outra época. Vemos muito isso na moda que sempre volta com modas passadas, como as calças de cintura alta e pantalona, óculos de armações redondas, blusas cropped top e sneakers e são característicos dos anos 80.



Esses são exemplos de objetos com design antigo, assim chamados retrô, que sou apaixonada e acho muito charmosos :) Resolvi fazer esse post porque sei que muita gente ainda confunde esses dois termos, pra deixar bem claro e aproveitar e falar de um assunto que tanto gosto.

Fraldinha Assada no Forno



Para quem não gosta de perder tempo temperando e fritando carne ou em um fumacê de churrasco, esta é uma ótima opção!! Aprendi esta receita com a Lilian. Meu marido é fã e sempre pede aqui em casa e até minha mãe aderiu! Experimente!

Ingredientes:

1 peça de fraldinha
Sal grosso a gosto
Vinagre ou limão
Papel alumínio para cobrir a assadeira

Fazer cortes transversalmente ao longo da peça de carne. Lavar a fraldinha com um pouco de vinagre ou ½ limão e passar sal grosso nos dois lados da peça (uso umas 2 a 3 colheres de sopa, pois depende do tamanho da peça). Colocar a carne com a gordura virada para cima numa assadeira, cobrir com papel alumínio e levar ao forno médio por 30 minutos. Retirar o papel alumínio e escorrer um pouco do caldo formado nesse primeiro cozimento. O restante do caldo deverá ser utilizado para regar a carne de vez em quando. Esperar assar um lado e virar a peça para que o outro lado fique corado. O tempo de forno desta receita é de , mais ou menos, 2 horas. Pronto! Corte fatias da carne no sentido que quiser, pois ela fica muito macia, suculenta e saborosa de qualquer jeito. Sugestão:Você pode regar um pouquinho de molho inglês também para incrementar no sabor. Bom apetite!



http://manadamamae.blogspot.com.br/2012/04/fraldinha-assada-no-forno-parece.html

Frango cremoso


Ingredientes

500g de peito de frango (filé de peito) limpos e sem pele

1 lata de creme de leite com soro

1 pacote de sopa de cebola

1/2 copo de requeijão

1 lata de milho

Cheiro verde.

batata palha para polvilhar

Modo de preparo

Tempere o frango a gosto e arrume em um refratário de vidro.

Bata no liquidificador o creme de leite com soro, a sopa de cebola, o requeijão, o milho e o cheiro verde.

Cubra o frango com esse creme e leve ao forno pré aquecido por uns 40 minutos.

Coloque por cima, um pouco de batata palha, volte ao forno por mais uns 5 minutos.

http://www.blogdasguloseimas.xpg.com.br/carnes/frango-carnes/frango-cremoso/

Do Big Bang até a Evolução da Vida na Terra

Humildade – Carl Sagan

terça-feira, 10 de abril de 2012

10 sites para baixar música de graça

Depois que sites como o Megaupload foram fechados e servidores de torrents entraram na mira da guerra antipirataria, todo mundo está sujeito a virar um criminoso virtual. A solução para quem não vive sem baixar música na internet são sites que oferecem arquivos gratuitos. A SUPER separou alguns sites cheios de bandas independentes e artistas novos. Você pode baixar à vontade e ainda se tornar a nova enciclopédia hipster musical da turma.

10. The Internet Archive

Para quem gosta de música erudita, jazz e coisas mais ‘sérias’, essa é uma boa pedida. Além do acervo de música para download, o site também oferece músicas em creative commons, livros, filmes e audiobooks.

9. Indie Rock Café

Além de um blog de música, o Café disponibiliza faixas e álbuns de bandas independentes que estão saindo do forno. Para quem gosta de indie rock, é bacana acompanhar o site, que põe muita revista de música no chinelo. Se você estiver atrás apenas de downloads, use o campo de busca – o site não é lá muito organizado.

8. Epitonic

Esse site surgiu em 1999 e foi um dos primeiros a aproveitar o potencial da internet como um jeito de divulgar novas bandas. Depois de fechar em 2004, o Epitonic reabriu em 2011 – e, dessa vez, com material de gente mais famosa – como The Strokes e Peaches -, o acervo está dividido em playlists de artistas, álbuns, gravadoras, estilos e pelo gosto musical dos editores.

7. Jamendo

O acervo é completamente royalty free. Ou seja, você pode baixar à vontade bandas independentes do mundo todo, incluindo a presença forte de artistas brasileiros! O site pode ser visualizado em sete idiomas, inclusive português, o que é uma mão na roda se você não souber falar inglês. Quem tem banda também pode criar uma conta e compartilhar suas composições.

6. Mp3.com

Como o próprio nome já diz, esse site é dedicado ao formato mp3. Todo dia, eles liberam faixas para download gratuito e tentam agradar todo mundo: as opções diárias incluem country, hip hop, rock e pop. Mas preste atenção no que você vai baixar – alguns dos serviços são pagos!

sites baixar musicas gratis 10 sites para baixar música de graça.

5. It’s Free Downloads

O site acompanha as promoções do iTunes e todo dia divulga o que está disponível para download gratuito na plataforma da Apple. Perfeito para quem tem iPod, iPad, iPhone, iTudo, quer se manter na legalidade, mas não tem paciência para ficar vendo tudo que acontece na Apple Store.

4. Unsigned Band Web

O acervo inclui bandas 100% independentes, ou seja, que não têm contrato com gravadora alguma. Tem música para todos os gostos – e talvez demore um pouco até você descobrir algo que valha a pena e que se encaixe no seu gosto. Democracia musical tem dessas: nem tudo que reluz é estatueta do Grammy.

3. bt.etree

O ponto forte deste site são as gravações ao vivo de artistas favoráveis ao download e compartilhamento gratuito de músicas. Alguns pesos pesados, como o Radiohead, disponibilizaram shows para que os fãs pudessem baixar no site. Algumas gravações são melhores que as outras, mas sempre rola aquela emoção de ouvir a galera cantando com a banda. Se você prefere versões de estúdio, passe longe.

2. Soundclick

O acervo é bem extenso e eles montam tabelas com as músicas que são mais baixadas, indicando se elas subiram, desceram ou permaneceram na mesma posição no ranking. Dá para acompanhar tabelas gerais e em muitas subcategorias, como Happy Hardcore (quem explica?!).

1. DMusic

Mais uma vez, os ecléticos saem ganhando: as músicas deste site são organizadas em paradas de sucessos para cada estilo. Periodicamente, o site realiza competições entre as bandas levando em conta vários critérios – como o concurso para escolher a melhor música gótica. Também tem clipes das bandas postados direto do YouTube.

[Super Interessante]

http://humortalha.com/2012/03/10-sites-para-baixar-musica-de-graca/