Visita 2009

sábado, 24 de novembro de 2012

Torta de Limão


Massa:

- 200 gramas de biscoito de leite maltado
- 1 colher de sopa (bem cheia) de manteiga Mococa 


- Triture o biscoito formando uma farinha fina, misture com a manteiga derretida, formando uma farofa úmida.

- Coloque  essa farofa, em uma forma com aro removível, pressionando bem  a farofa.,  Pré-aqueça o forno (médio), e coloque para assar por 10-15 minutos


Recheio:

- 1 lata de leite condensado Mococa
- 1 caixinha de creme de leite Mococa 
- 6 colheres de sopa de limão
- raspa de 1 limão

- Misture todos os ingredientes e reserve.

Merengue:




- 2 claras (ovos grandes)
- 4 colheres de açúcar

- Bata as claras com açúcar em ponto de neve, transfira para um saco de confeiteiro

- Assim que a massa sair do forno, coloque o recheio, cubra com o merengue e volte ao forno por mais ou menos 10 - 15 minutos até o merengue ficar douradinho.

- Sirva a torta gelada. 

http://feitonahora.blogspot.com.br/2012/11/torta-de-limao.html

A Metamorfose - Franz Kafka



Faça a foto virar desenho

http://www.dumpr.net/sketch.php

100 melhores livros segundo a folha de São Paulo

1º – Ulisses (1922) – James Joyce (1882-1941). Retomando parodicamente a obra fundamental do gênero épico -a “Odisséia”, de Homero-, “Ulisses” pretende ser uma súmula de todas as experiências possíveis do homem moderno. Ao narrar a vida de Leopold Bloom e Stephen Dedalus ao longo de um dia em Dublin (capital da Irlanda), o autor irlandês rompeu com todos as convenções formais do romance: criação e combinação inusitada de palavras, ruptura da sintaxe, fragmentação da narração, além de praticamente esgotar as possibilidades do monólogo interior. Para T.S. Eliot, o mito de Ulisses serve para Joyce dar sentido e forma ao panorama de “imensa futilidade e anarquia da história contemporânea”.
2º – Em Busca do Tempo Perdido (1913-27) - Marcel Proust (1871-1922). Ciclo de sete romances do escritor francês, inter-relacionados e com um só narrador, dos quais os três últimos são póstumos: “O Caminho de Swann”, “À Sombra das Raparigas em Flor”, “O Caminho de Guermantes”, “Sodoma e Gomorra”, “A Prisioneira”, “A Fugitiva” e “O Tempo Redescoberto”. Ampla reflexão sobre a memória e o poder dissolvente do tempo, o ciclo se apóia em fatos mínimos que induzem o narrador a resgatar seu passado, ao mesmo tempo em que realiza um painel da sociedade francesa no fim do século 19 e início do 20.
3º – O Processo – Franz Kafka (1883-1924). Na obra-prima do escritor tcheco de língua alemã, o bancário Josef K. é intimado a depor em um processo instaurado contra ele. Mas, enredado em uma situação cada vez mais absurda, Joseph K. ignora de que é acusado, quem o acusa e mesmo onde fica o tribunal.
4º – Doutor Fausto (1947) – Thomas Mann. Biografia imaginária do compositor alemão Adrian Leverkühn, escrita por seu amigo Serenus Zeitblom durante o desenrolar da Segunda Guerra Mundial. Nela, o autor, para recontar o pacto fáustico com o diabo, se vale de aspectos da vida de Nietzsche, da teoria dodecafônica de Shoenberg e do auxílio teórico do filósofo Adorno. O alemão Thomas Mann, filho de uma brasileira, recebeu o Prêmio Nobel em 1929.
Continue lendo: http://saraudospensadores.ning.com/profiles/blogs/100-melhores-livros-segundo-a

Maionese verde


Ingredientes

  • 1 ovo cru
  • 1 ovo cozido
  • 1 xícara de cheiro verde picado
  • Alho (o ideal é o alho desidratado, em pó. Se não tiver, use 2 dentes de alho)
  • 1 colher de café de mostarda amarela
  • 6 gotinhas de limão
  • Sal e pimenta a gosto
  • Óleo de milho (ou o que tiver em casa)

Modo de Preparo

No liquidificador ou no mixer, coloque os ovos (1 cru e 1 cozido), as gotinhas de limão, sal e pimenta. Bata na potência máxima.
Aos poucos, acrescente o óleo. Coloque um pouco e bata. Coloque mais e bata. Faça isso até adquirir a consistência de maionese
Quando estiver no ponto,coloque o cheiro verde, a mostarda e o alho. Bata mais um pouco, até a maionese ficar verdinha
http://www.temdelicia.com/recipe/maionese-verde/

Bolo de Abacaxi (ou do que vc quiser!)

Dissolver meio pacotinho de Mid em 1 xícara de leite e reservar.
Bater na batedeira 4 claras em ponto de neve e também reservar.
Voltar uma outra tigela na batedeira com as 4 gemas e 2 xícaras de açúcar, formando um creme clarinho.
Adicionar a xícara de leite reservado e 2 xícaras de farinha de trigo, até ficar uma massa bem lisa.
Retirar da batedeira e acrescentar aos poucos, mexendo (com movimentos leves de baixo para cima) as claras em neve, com toda delicadeza do mundo.
Juntar 1 colher (sopa) de fermento em pó.
Acomodar numa forma untada com margarina e enfarinhada.
Levar ao forno pré-aquecido por 30 minutos.
Simples assim.
Esse bolo fica bem macio e molhadinho! Sensacional!

No workshop, a massa foi ao forno numa assadeira retangular. Depois de assado, o bolo foi cortado em quadrados e banhado numa calda fria com 2 xícaras de leite com a outra metade de Mid mais 1 lata de leite condensado e passado em coco ralado. Embrulhado, então, em papel alumínio.

Leia mais aqui: http://www.delicias1001.com.br/2012/11/bolo-de-abacaxi-ou-do-que-vc-quiser.html#ixzz2D63sbyJ3

Babaganouche


quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Hirokin O último samurai (video)


Em Aradius, um mundo diferente, a sociedade é dividida em tribos e a lei é feita pelo mais forte. O jovem Hirokin (Wes Bentley), leva uma vida pacata ao lado de sua família, fazendo o possível para ficar longe de problemas. No entanto, o rapaz e seus familiares acabam no lugar errado e na hora errada e se tornam vítimas de um cruel grupo de bandidos liderados por Griffin (Julian Sands). O resultado é que Hirokin é levado como prisioneiro e seus parentes são assassinados violentamente. Quando tudo parece perdido para Hirokin, uma chance de salvação aparece -- Moss (Angus McFayden), o maior inimigo de Griffin, liberta o rapaz e o ensina a arte da guerra. Na verdade, tudo não passa de um plano para usar a fúria de Hirokin e sua busca por vingança como arma para derrubar Griffin, deixando assim o poder para Moss. No meio de tudo isso, Hirokin conhece a bela Maren (Laura Ramsey), filha de Moss e eles se apaixonam. Porém, isso não está nos planos de Moss, que quer a derrota de Griffin a todo custo. Com isso, resta a Hirokin achar um modo de se vingar e ainda conseguir escapar com seu novo amor. Começa agora a maior batalha de todas. 

Federico Fellini, Amarcord video

Assistir MATCH POINT (Ponto Final) em espanhol

EMPADINHAS DE LIQUIDIFICADOR


Ingredientes
1 xícara (chá) de leite
1 xícara (chá) de óleo
3 ovos inteiros
3 xícara (chá) bem cheias de farinha
1 colher (sobremesa) rasa de sal

Recheio
cubinhos de presunto
cubinhos de queijo OU
pedacinhos de palmito
1 xícara (chá) de requeijão cremoso
frango desfiadinho

Modo de Preparo
1. Bater todos os ingredientes da massa no liquidificador,
2. Depois, untar as forminhas próprias para empadinhas, colocar massa até a metade e, em seguida, o que escolheu para o recheio e completar com a massa até tampar o recheio
3. Levar para assar em forno preaquecido até ficarem douradinhas


http://www.facebook.com/photo.php?fbid=466493870062181&set=a.456017787776456.108255.455182577859977&type=1&theater

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Moldes de passarinhos





Pão integral rápido

Ingredientes

Serve1 pão grande (14 porções)
  • 450 g de farinha de trigo integral para pão
  • 1 colher (chá) de sal
  • 2 colheres (chá) de fermento biológico seco instantâneo
  • 1 colher (chá) de açúcar mascavo ou mel claro
  • 450 ml de água morna
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo branca para polvilhar
http://allrecipes.com.br/receita/4013/p-o-integral-r-pido.aspx
Com apenas um tempo de crescimento e sem necessidade de ser sovado, este pão não poderia ser mais fácil de se preparar. Ele tem como base a receita de pão nutritivo que qualquer pessoa pode preparar em casa rapidamente. Com textura densa e úmida, é um pão consistente que fica ótimo torrado.
  Pronto em 1 hora 20 min
Pão integral rápido

Uma foto por dia durante 5 anos e meio

Palitos de frango


Palitos de Frango
Ingredientes:
- filés de peito de frango cortados em palitos;
- sal a gosto;
- leite;
- flocos de milho;
Modo de Preparo:
Depois de cortar os palitos, tempere com sal e pimenta a gosto.
Passe o frango pelo leite, e em seguida pelos flocos de milho. Cuide para que colem bem, em todos os lados.
Arrume os palitos em uma forma e leve para assar em forno preaquecido a 180ºC, por aproximadamente 20 ou 25 minutos, ou até que dourem levemente.
Não é preciso untar a forma.
Você pode servir com um molho de sua preferência, ou acompanhado de saladas.

BOLINHOS DE CARNE MOÍDA COM PISTACHE

Posted on 19 de novembro de 2012 at 8:51

Receita da cozinheira da minha avó. De tanto ajudar a fazer aprendi. Gosto muito, pois para mim é sabor de infância.


Ingredientes:

1/2 kg de carne moída

Sal e pimenta a gosto

1 cebola bem picada

1 dente de alho espremido

Salsinha a gosto

2 colheres de sopa de pistache moído grosseiramente

1 a 2 ovos inteiros

Farinha de trigo para dar forma nos bolinhos

Preparo:

Misture a carne com os ingredientes e pouca farinha de trigo (1 colher de chá).

Passe um pouco de farinha de trigo na mão e coloque um punhado da carne. Faça uma bolinha e achate a mesma.

Numa frigideira coloque o óleo para esquentar e vá aos poucos fritando os bolinhos dos dois lados. Retirar e colocar em papel toalha para absorver o excesso de óleo.

Sugestão de apresentação: sirva sobre fatias de pão árabe pois a origem deste prato remete ao oriente médio.

Pitacos:

Usar muita farinha de trigo faz com que o bolinho fique seco. Portanto fique atenta (o) manere na farinha, mesmo que eles continuem grudando um pouco nas mãos.

Vez por outra lave as mãos com água fria, a temperatura da mão também interfere na forma do bolinho.

This entry was posted in Carnes/aves/peixes, Trivial variado and tagged bolinho de carne, bolinho de carne moída com pistache, carne moída, trivial variado.

http://www.entrepratosecopos.com.br/?p=3972

Pão de abóbora com coco



MODO DE FAZER
- Comece preparando a abóbora: coloque numa panela com a água para cozinhar em fogo médio com a panela tampada, até que fique cozida o suficiente para fazer um purê.
- Feito isso amasse a abóbora (usei um socadorzinho de madeira) na própria água do cozimento. Coloque esse purê numa tigela e deixe esfriar por uns 10 minutos (até ficar morno para quente).
- Acrescente a esse purê o ovo levemente batido (com um garfo mesmo), o óleo, o açúcar, o coco ralado, o sal e o fermento. Misture tudo (fiz o pão na batedeira KitchenAid com o batedor de gancho, mas você pode usar qualquer batedeira planetária com o mesmo batedor ou fazer na mão mesmo). Deixe descansar por 5 minutos.
- Vá acrescentando a farinha aos poucos. Essa massa é realmente mais mole e pegajosa do que a maioria das massas de pão. Ela não vai desgrudar totalmente da tigela e das mãos. Tenha cuidado para não colocar muita farinha e endurecer a massa. Sove bem numa superfície limpa e enfarinhada (ou deixe a batedeira batendo em velocidade média-alta por uns 10 minutos) até que a massa fique bem lisa e elástica.
- Unte uma tigela com um pouco de óleo, coloque a massa nela e deixe crescer num lugar úmido e aquecido (deixo dentro do microondas!) até dobrar de tamanho (ela cresce bastante). Deixei por 1 hora.
- Forre uma forma retangular média com papel manteiga e unte-o com óleo. Depois da massa crescida coloque-a novamente numa superfície limpa e enfarinhada. Dê umas batidinhas para tirar o ar. Separe em bolinhas de tamanho médio e coloque essas bolas na forma próximas  umas às outras (2cm mais ou menos). Minha massa rendeu 18 pãezinhos.
- Faça dois pequenos cortes em formato de cruz em cima de cada pãozinho. Pincelei com um pouco de café solúvel dissolvido em leite (1/2 colher de chá de café + 1 colher de sopa de leite), mas pode usar uma gema de ovo ou leite puro. Deixe descansar por mais 15 minutos. Enquanto isso pré-aqueça o forno a 190°C.
- Leve os pães para assar no forno pré-aquecido até que fiquem dourados na superfície. O meu demorou 30 minutos. Os pães ainda crescem bastante no forno, ficam todos juntinhos, iguais os das travessas de padaria (foto acima). Bem fofo!
- Retire do forno e deixe esfriar. Enquanto isso prepare a calda: leve todos os ingredientes numa panela em fogo médio e deixe ferver. Mantenha no fogo por uns 3 minutos após levantar fervura. Deixe esfriar por uns 5 minutos e coloque delicadamente sobre a travessa dos pães.
- Deixe tudo amornar e sirva! Esse pão fica DIVINO morninho com manteiga. No dia seguinte (com o que sobrou, que não foi muito..) comi com geleia de morango. Uma tentação!
DIFICULDADE: média
PREÇO MÉDIO: R$ 5,50 – R$ 8,00
http://temperaria.com.br/pao-de-abobora-com-coco-divino/

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Molde de passarinho

http://livingtheswelllife.blogspot.com.br/2008/12/tree-trimming-tutorial.html

Cartões postais antigos - Natal

https://www.google.com.br/search?q=vintage+postcard&sugexp=chrome,mod%3D0&um=1&ie=UTF-8&hl=pt-PT&tbm=isch&source=og&sa=N&tab=wi&ei=RVeZUMSTMozy9gSD2YCoAQ&biw=1280&bih=632&sei=UleZUOK6O4Pu9ASU6IGwBQ#um=1&hl=pt-PT&tbm=isch&sa=1&q=vintage+postcard+christmas&oq=vintage+postcard+christmas&gs_l=img.3...12572.18831.0.19144.10.10.0.0.0.0.271.2133.2-9.9.0...0.0...1c.1.8VNul7BIigY&pbx=1&bav=on.2,or.r_gc.r_pw.r_qf.&fp=95c883f5730c8ff8&bpcl=38093640&biw=1280&bih=711

Organizador de bolsas

organizador da bolsa pendurada haste do armárioorganizador da bolsa que pende haste do armário
http://jdorganizer.blogspot.com.br/2010/01/storage-if-purses-are-your-weakness.html
veja mais dicas de organização: http://jdorganizer.blogspot.com.br/

Curso: Receber amigos

Curso Receber: Como ser o melhor anfitrião do mundo?

A torta perfeita


Ingredientes:
Para a massa:
- 100g de manteiga;
- 1/2 xícara de açúcar;
- 1 ovo;
- 1 e 1/2 xícara de farinha de trigo;
- 1 colher de sopa de cacau em pó;
- 1/3 de xícara de amendoim torrado e triturado como uma farinha;
- 1/2 colher de chá de essência de baunilha;
Para a ganache:
- 180g de chocolate meio amargo;
- 200g de creme de leite;
- 2 colheres de sopa de doce de leite;
Para o creme branco:
- 395g de leite condensado;
- 1 gema;
Para o recheio e decoração:
- 1/2 xícara de gotas de chocolate meio amargo;
- 1 colher de sopa de cacau;
- 1 colher de sopa de amendoim triturado;
Modo de Preparo:
Massa:
Na batedeira, junte a manteiga e o açúcar e bata até obter um creme. Coloque o ovo e bata mais um pouco. Aos poucos, com a batedeira ligada, vá acrescentando a farinha, o cacau e o amendoim, já triturado no processador ou liquidificador. Acrescente a essência de baunilha e mexa bem com o auxílio de uma colher, até obter uma massa como a da foto abaixo. Coloque em uma travessa forrada com filme plástico e leve ao refrigerador por 30 minutos.
Forre uma  forma com fundo removível com a massa conforme a foto, e depois fure-a com  um garfo e leve ao freezer por 15 minutos.
Cubra com papel manteiga e preencha com grãos de feijão. (foto) Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC por aproximadamente 25 minutos. Retire o papel com o feijão e reserve.
Ganache:
Derreta o chocolate em banho-maria ou no microondas, e acrescente o creme de leite e o doce de leite misturando bem. Deixe esfriar e coloque sobre a massa já assada.
Leve ao refrigerador para endurecer.
Depois da ganache, eu coloquei uma camada fina de amendoim triturado (1 colher de sopa).
Em seguida coloque as gotas de chocolate meio amargo formando uma camada. Reserve algumas gotas para decorar. O suficiente para o perímetro da forma.
Creme Branco:
Numa panela, coloque o leite condensado e a gema e mexa bem até começar a endurecer. Deixe amornar e coloque sobre a camada de gotas de chocolate.
Leve ao refrigerador.
Para decorar, polvilhe o cacau em pó, coloque as gotas de chocolate e se quiser, pode usar um fio de leite condensado formando desenhos irregulares.
Sirva gelado.
Forma: diâmetro 25 cm
 Ótimo final de semana para todos.
http://www.pilotandoumfogao.com.br/2011/09/10/a-torta-perfeita/

Bala pingo de leite

Ingredientes:
  • 5 litros de leite
  • 2 kg de açúcar cristal
  • 1 pitada de bicarbonato

Modo de preparo:
Numa panela, queime 400 gramas de açúcar, até que derreta e tome uma coloração escura. Em seguida, coloque o leite e o bicarbonato, mexendo sempre. Acrescente o restante do açúcar, até a massa engrossar e chegar ao ponto de doce de cortar. Ela fica no estilo “puxa”. Deixe esfriar. Faça bolinhas, com as mãos, e enrole em papel celofane comum. 

Rendimento: 2 kg
http://www.cadernetadereceitas.com/2012/10/receita-de-balas-de-doce-de-leite.html

Revista Viver Bem Casa Decoracao 12 pdf

http://ebookbrowse.com/gdoc.php?id=377078128&url=b5ededa481ae1825ab5e4d5ea3516abe
http://ebookbrowse.com/revista-viver-bem-casa-decoracao-12-pdf-d356873881

Bacalhoada


Home
A minha mãe era uma excelente cozinheira todos os dias. Foi com ela que aprendi o gosto pela cozinha e nela me inspiro e busco nas longínquas recordações como ela fazia. Por isso, a este bacalhau que também chamam de “Á Gomes de Sá”,  eu chamo bacalhau da Alice!
Ingredientes para 4 a 6 pessoas:
  •  4 postas de bacalhau (geralmente as postas finas das badanas);
  • 1 Kg de batatas;
  • 2 cebolas;
  • 3 a 4 ovos;
  • um ramo de salsa;
  • 2 folhas de louro;
  • 1 dente de alho;
  • ½ copo de azeite (azeite generoso e a gosto);
  • uma pitada de pimenta moída;
  • azeitonas pretas.
Preparo:
Coza as batatas com a pele. Junto coza ligeiramente as postas de bacalhau demolhado. Coza os ovos. Depois de cozidos, descasque e separa as claras das gemas.
Retire o bacalhau depois de dar uma fervura.
Cozidas as batatas (não deixe cozer muito para não se desfazerem), escorra a água e deixe arrefecer um pouco. Depois retira a pele e corte às fatias grossas (largura de um dedo).
Parta o bacalhau aos pedaços e retire as espinhas que encontrar. (Sempre vão sobrar algumas, faz parte!)
Numa panela onde caibam todos os ingredientes, corte a cebola às rodelas, coloque um raminho de salsa, coloque um dente de alho picado. Junte o azeite de forma a ficar o fundo bem coberto e deixe lourar a cebola. Vá mexendo de vez em quando.
Quando a cebola já estiver cozida é hora de juntar as gemas dos ovos  esmigalhadas. Mexa a mistura bem.
Coloque o bacalhau partido aos pedaços e deixe um pouco ao fogo.
De seguida, coloque as batatas partidas às rodelas e misture com cuidado para não desfazer as batatas.
A seguir, junte as claras cozidas dos ovos partidas aos pedacinhos. Misture com cuidado. Deixe um pouco mais a fritar na panela ao lume forte.
Coloque numa travessa, enfeite com azeitonas pretas e ornamente a seu gosto com um raminho de salsa.
Acompanhamentos:
Acompanhe com legumes cozidos ou uma salada de alface e/ou tomate.
Aprecie com vinho branco (gelado) ou tinto.
Manuel João e Eleci

Livro OS DOZE E A COZINHA PORTUGUESA pdf

http://ebookbrowse.com/livro-os-doze-e-a-cozinha-portuguesa-pdf-d123398160

Risoto de Camarão Fácil e Rápido


  • 3/4 xícara de arroz arbório
  • 300g de camarões médio limpos
  • 1 tablete de caldo de legumes
  • 1/2 cebola roxa picadinha
  • 1 dente de alho picadinho
  • 2 colheres (sopa) coentro picado
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 tomate picadinho
  • 2 colheres de sopa de ketchup
  • 80ml de vinho branco seco
  • Sal à gosto
  • MODO DE FAZER
    - Comece separando e  aprontando todos os ingredientes que vai precisar, pois depois que ligar o fogo não poderá sair de frente da panela. Limpe os camarões (sem cabeça, cauda, casca e eu tiro aquela tripinha preta de todos eles), pique a cebola, o coentro, o tomate, descasque e amasse o alho.
    - Dissolva o pacote/tablete de caldo de legumes (você também pode usar o caseiro) em 1,2 litros de água fervente. Deixe na panela fervendo em fogo baixo.
    - Numa outra panela coloque a cebola com uma colher de sopa de manteiga. Deixe refogar até ficar dourada. Acrescente o arroz e os tomates. Deixe refogar por mais 1 minutinho. Acrescente o vinho branco e mexa bem, para soltar todo o fundo. Deixe por um minuto para ele reduzir um pouco. Acrescente o ketchup e 2 conchas cheias do caldo de legumes fervendo. Vá mexendo enquanto ele cozinha. Quando o caldo começar a secar acrescente mais 2 conchas de caldo fervente. Vá fazendo isso repetidamente, até o risoto começar a dar o ponto.
    - Quando o arroz começar a ficar no ponto de risoto (al dente) leve numa frigideira (seja rápida!) o azeite com o camarão, o alho e o coentro. Deixe fritar rapidamente, até o camarão ficar rosado (não frite muito para não ficar borrachudo, 1 minutinho de cada lado é suficiente). Junte os camarões refogados ao risoto quando estiver quase no ponto. Acrescente a outra colher de manteiga, mais um pouco de caldo fervente, misture tudo, desligue o fogo e sirva imediatamente!
    DIFICULDADE: fácil
    PREÇO MÉDIO: R$ 10,00 – R$ 15,00
    fonte: www.temperaria.com.br

Pão italiano caseiro


  • Farinha de trigo, 100 g Fermento para pão, 2 tabletes (30 g) Água morna, 1 xícara  Ovos, 2  unidades  Margarina, 2 colheres (sopa) Leite, 1 xícara   Sal, ½ colher (chá)  Açúcar, 1 colher (sopa) Farinha de trigo, 1 kg 

Passos

1
Faça a esponja. Em um recipiente coloque o fermento esfarelado e o sal. Misture até obter um líquido. Junte a água morna e 100 g de farinha. Mexa. Deixe levedar (crescer) coberta com um pano em um lugar quente. Reserve.
2
Em um recipiente, coloque a farinha (reserve um pouco), o açúcar, a margarina, os ovos levemente batidos, a esponja reservada e o leite. Mexa com as mãos para se agregarem (neste momento, se necessário, utilize a farinha reservada).
3
A seguir, sove sobre superfície enfarinhada até obter uma massa lisa.
4
Modele com formate de uma bola, coloque em uma assadeira redonda alta, untada e polvilhada com farinha de trigo, faça cortes na superfície do pão  e pincele com água.
5
Deixe dobrar de volume (em torno de 30 minutos) e leve ao forno preaquecido 150°C (médio) por 15 a 20 minutos e, a seguir, 180°C por mais 15 a 20 minutos.
http://www.bemsimples.com/br/receitas/66438-pao-italiano-caseiro

Escondidinho de legumes

Blog A Faxina
A sexta feira foi dia de muito trabalho por aqui. tô exausta e com todas as dores do mundo, mas o sábado tá aí e eu quero descansar bastante. não tenho nada novo pra contar, só quero mostrar uma receitinha deliciosa pra quem gosta de algo fácil, rápido e bem gostosinho :) quem disse que vegetariano não come bem ? rsss ontem eu tava fuçando algumas receitinhas e achei no blog da glau um escondidinho de legumes bem interessante, mas acabei adaptando pro meu gosto pessoal e ficou assim: 

       
usei: cenoura, abóbora, milho e brócolis cozidos

essas louças são ótimas para porções individuais. engana-se quem pensa que a porção é pequena, o negocinho alimenta na medida certa ;) cobri com uma generosa porção de purê de batatas com creme de leite e uma pitadinha de sal. ralei um pouquinho de parmesão, joguei por cima e levei ao forno pra gratinar :) 

        
ficou tãooooooo gostoso :) o próximo será com purê de mandioquinha e recheio de ricota temperada :) nham nham nham :) 
http://fashina.blogspot.com.br/2010/07/escondidinho-de-lesgumi.html