Visita 2009

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Panqueca de milho

Brumas de Avalon - legendado

Fuja das armadilhas da distração e aprenda a se concentrar


Facebook, sua cama, uma hora a mais no bar: tudo é mais interessante do que terminar o trabalho. E a culpa é do seu cérebro, que não foi feito para se concentrar. Mas não se desespere. Com algumas técnicas simples, dá para melhorar seu foco. Basta prestar atenção nas próximas 8 páginas. (E essa já é a dica nrº 1!)

Edison não conseguia se concentrar de jeito nenhum. Tinha sempre dois ou três empregos e passava o dia indo de um para outro. Adorava trocar mensagens, e se acostumou a escrever recados curtos e constantes, às vezes para mais de uma pessoa ao mesmo tempo. Apesar de ser um cara mais inteligente do que a média, sofria quando precisava ler um livro inteiro. Para completar, comia rápido e dormia pouco - e não conseguia se dedicar ao casamento conturbado, por falta de tempo. Se identificou? Claro, quem não tem esses problemas? Passar horas no twitter ou no celular, correr de um lado para o outro e ter pouco tempo disponível para tantas coisas que você tem que fazer são dramas que todo mundo enfrenta. Mas esse não é um mal do nosso tempo. O rapaz da história aí em cima era ninguém menos que Thomas Edison, o inventor da lâmpada. A década era a de 1870 e o aparelho que ele usava para mandar e receber mensagens, um telégrafo. O relato, que está em uma edição de 1910 do jornal New York Times, conta que quando Edison finalmente percebeu que seu problema era falta deconcentração, parou tudo. Se fechou em seu escritório e se focou em um problema de cada vez. A partir daí, produziu e patenteou mais de 2 mil invenções.

É verdade que tudo ao nosso redor serve para nos distrair. Que as ferramentas criadas para roubar o seu tempo estão cada vez mais interessantes. E que todos aqueles links na internet são muito mais legais do que o seu trabalho. Homens do tempo de Edison não tinham um celular que tocava ou recebia e-mails enquanto eles tentavam ler um livro - mas a luta humana pela concentração está longe de ser um problema moderno. Na verdade é bem mais antigo do que você imagina.

Respire fundo
Então vamos lá. Concentre-se. Você está conseguindo ler esse texto? Ótimo! Só podemos acreditar em você. Afinal, é difícil medir exatamente o quanto você está prestando atenção aqui. Não há nenhuma maneira científica de medir essa forma prolongada de atenção que nós chamamos de concentração. Isso porque ela não é tarefa de uma área específica, mas de um conjunto de sistemas que envolve océrebro inteiro. O que a neurociência já sabe é que se trata de um processo de escolha do que é importante. Vamos entender na prática.

Você está em uma festa barulhenta, lotada de pessoas. Alguém interessante se aproxima e puxa assunto. Nesse momento, seu cérebro a elege como o foco mais importante e ignora todos os outros estímulos ao redor. Quase todas suas habilidades cognitivas estão na conversa. "O lobo frontal, responsável pelo comportamento e pela tomada de decisões, é especialmente importante naconcentração, mas praticamente todo o sistema sensorial está envolvido", afirma o neurologista Ivan Hideyo Okamoto, da Universidade Federal de São Paulo. Emoções e memória, por exemplo, têm grande influência no que e no quanto você vai se concentrar. A origem disso está no sistema límbico, que comanda as emoções - ele sempre vai favorecer os elementos que despertam sensações intensas. Por isso é tão fácil se concentrar na pessoa interessante que puxa papo. Com todos os seus sentidos voltados para algo tão importante (conseguir um telefone no fim da conversa, por exemplo), fica difícil não se concentrar.

10 curiosidades que você (provavelmente) não sabia sobre o Vaticano e os papas


Que o Papa Bento XVI renunciou você já sabe. Aqui na SUPER, também falamos sobre a trajetória de Joseph Ratzinger, desde a época em que ele ocupava uma posição de destaque no papado de João Paulo II nos anos 1980. Mas no momento em que todas as atenções apontam para o Vaticano, é hora de saber um pouco mais sobre o cargo máximo de uma das religiões mais importantes do mundo. Confira 10 curiosidades sobre o papado e o Vaticano.
1. O famoso rei dos francos, Pepino, o Breve, foi quem doou as terras do Vaticano, país governado pelo Papa, à Igreja em 756. No entanto, a soberania do país só foi conquistada em 11 de fevereiro de 1929.
2. A casa onde o papa mora tem 5 mil quartos, 200 salas de espera, 22 pátios, 100 gabinetes de leitura, 300 banheiros e dezenas de outras salas destinadas a encontros diplomáticos.
3. Esta não é novidade para quem leu o livro “Anjos e Demônios”, de Dan Brown. Além de todo esse espaço, os papas têm, desde 1506, um grupo de soldados especiais que fazem sua proteção, exército chamado Guarda Suíça. Mas há alguns requisitos para integrar esse time: é preciso ser homem, ter entre 19 e 30 anos, ter pelo menos 1,74 metro e ter nascido (como você deve ter imaginado) na Suíça.
4. Não pense que o trabaho da grupo é tão simples: o Vaticano tem uma das taxas criminais mais altas do mundo! Isso porque esse valor é calculado dividindo-se o número de ocorrências pelo número de habitantes. Como a população do país não chega a 500 habitantes, mesmo com um baixo número de crimes (a maioria praticado por turistas), o resultado dessa conta é alto.
5. A agenda de um Papa é bem movimentada: além de guiar de fiéis de todo o mundo, ele ainda é responsável pela administração da Igreja. Em outra palavras: precisa nomear bispos e cardeais, canonizar santos e resolver os “pepinos” rotineiros do Vaticano.
6. Mercúrio, nome de um Deus pagão, foi o primeiro Papa a trocar de nome e optou por João II. Depois dele, a prática foi recorrente para evitar que o nome do líder católico não fosse cristão. Quem escolhe o nome é o próprio Papa. Desde que a escolha começou a ser feita, João foi a opção mais realizada: 23 papas elegeram o nome.
7. Bento XVI, eleito Papa em 2005, é apaixonado por gatos e tinha dois bichanos de estimação quando assumiu o papado. Teve de abdicar deles, já que animais não são permitidos no Vaticano.
8. Seu “governo” foi marcado por acusações contra a Igreja, mas Bento recebeu algumas homenagens inesperadas. Um ano após assumir, por exemplo, uma cervejaria na cidade de Tann, na Alemanha, criou uma bebida chamada Pabstbier, ou “cerveja do Papa”. No rótulo, há uma homenagem em seu nome: “Dedicada ao grande filho de nossa pátria, Bento XVI”.
9. Uma curiosidade sobre Joseph Ratzinger: embora ele não tenha carteira para dirigir carros, tem licença para pilotar helicópteros.
10. No Vaticano, é feriado no dia em que o Papa foi eleito. Entre 2005 e 2012, esse dia foi comemorado em 19 de abril.
http://super.abril.com.br/blogs/historia-sem-fim/de-pepino-o-breve-a-bento-xvi-o-tambem-breve-10-curiosidades-que-voce-provavelmente-nao-sabia-sobre-o-vaticano-e-os-papas/?utm_source=redesabril_jovem&utm_medium=facebook&utm_campaign=redesabril_super

Folha de Amora auxilia no tratamento de várias doenças inclusive da Obesidade


Conhecida como amora ou amoreira, a planta funciona como reguladora dos hormônios e ainda é anticancerígena, combate a osteoporose por possuir um alto teor de potássio, que não só ajuda na osteoporose, mas em todo funcionamento do corpo.
A amora possui inúmeras propriedades que muita gente não conhece, pesquisas feitas em ratos comprovam que o chá da folha de amora pode ajuda a melhorar o funcionamento dos rins e do fígado, diminui a taxa de glicemia e a pressão arterial. Ou seja, para quem tem problemas de saúde ocasionados até mesmo pela obesidade, o chá de folha  amora pode ser um remédio para prevenir e controlar outros aspectos do seu corpo.
O chá é feito de forma tradicional, é só colocar as folhas na água, ferver por mais ou menos 10 minutos e coar. Está pronto e o melhor, o sabor não fica ruim e nem enjoativo. 

Como ela ajuda a emagrecer?

A amora consegue reduzir o aumento da glicose no sangue após as refeições, reprime a absorção de açúcar no intestino.
É capaz de liberar insulina, estimulando o metabolismo de carboidratos fazendo com que o nível de açúcar no sangue (glicose) diminua. Com essa redução de açúcar no sangue o organismo deixa de armazenar gorduras e ainda consome as que já estão armazenadas no corpo, por isso a pessoa que faz o uso do chá de folha de amora na sua dieta tem grandes chances de emagrecer de forma saudável e natural. 

http://www.obesidadecontrolada.com.br/folha-de-amora/

Arte em caixas de fósforo


Já ouviu falar em menina palito?

Imagens inspiradoras, com fotos

Inspiring imagesInspiring imagesInspiring images

veja mais:
http://96195.com/